Reserva Natural do Estuário do Sado

"O estuário do Sado exibe vários modos de contacto entre a terra e a água, estabelecendo a transição entre o último relevo estremenho, a serra da Arrábida, e as planícies alentejanas. Formação de grandes dimensões, inclui um troço de rio, sapais, bancos de vasa e areia, salinas - maioritariamente desativadas, praias e dunas costeiras, bem como montados, pinhais e áreas agrícolas. Na Reserva Botânica das Dunas de Tróia, ecossistema dunar natural, ocorrem espécies endémicas de carácter prioritário.

O estuário tem um reconhecimento de valor cientifico internacional como ZPE (Zona de Proteção de Aves) e é também local de nidificação e invernada para numerosas aves, nomeadamente limícolas.

Este espaço recebe mais de 20.000 aves invernantes onde já foram identificadas cerca de 265 espécies diferentes.

Este espaço acolhe roazes - a única população residente de cetáceos que em Portugal utiliza um estuário como área de alimentação e reprodução - e detém uma inegável importância ictiológica, servindo de maternidade para várias espécies de peixes.

Apesar do escasso povoamento em parte importante da sua orla, esta Reserva Natural guarda inúmeros testemunhos da presença humana no passado - fornos romanos localizados na herdade do Pinheiro e a feitoria fenícia de Abul a que se pode acrescentar o complexo de salga romana situado nas imediações de Tróia."

Adaptação; Fonte: Natural.PT 

Empresa de Marítima-Turística RNAAT nº609/2015                                                             e-mail: info@mirasado.com

                                                                                                                                                                       Tel: +351 910723964 /  +351 968133842                                                                                                                                                        Local: Moinho de Maré da Mourisca, Estuário do Sado, Setúbal